Como ficam os sanduíches de fast food depois de 30 dias?

Todos nós sabemos que fast foods, não são nada saudáveis, além de possuírem uma quantidade gigantesca de gorduras, eles são ricos em outro vilão para saúde, o sódio, que é o responsável pela elevação da pressão arterial, mais conhecido como ”pressão alta”. Porém, em pequenas ou grandes quantidades, gorduras e sódio estão presentes em diversos alimentos. Mas hoje o foco não é esse. Vamos tratar dos conservantes…

Você que adora um fast food, sabe o que realmente está ingerindo?

Muitos restaurantes, estampam o logo de ”comida orgânica” ou “Sem conservantes”. Então para ver até onde isso é verdade, o site americano BuzzFeed, resolveu fazer uma pequena experiência… Em potes de vidro, foram postos sanduíches de sete redes de fast food (McDonalds, Burger King, Wendy’s, Jack in The Box, In-n-Out, Carl’s Jr. e Umami’s Burger). Após isso, esperaram 30 dias e mediram os resultados.

É importante salientar, que a ideia principal desse artigo, é mostrar os segredos da composição dos lanches, por trás do que é mostrado em propagandas, assim ajudando você consumidor, a entender melhor o que está ingerindo.

A seguir assista o vídeo e preste bem atenção na reação dos hambúrgueres passado os 30 dias, principalmente no do MC Donald’s. Após assistir o vídeo, desça um pouco mais a página e a baixo terá uma breve explicação do que foi visto.

Como pôde ser visto, os hambúrgueres depois de 30 dias, começaram a definhar, uns apresentaram bolores maiores que os outros, isso deve-se a quantidade de conservantes que é usado em cada um. A lógica é simples, quanto mais conservantes, mais tempo leva para estragar. Atentem-se ao hambúrguer do MC Donald’s, que depois de 30 dias não apresentou absolutamente NENHUM bolor.

Aparecerão muitos comentários com a seguinte ideia “Mas eles não ficam tanto tempo no nosso organismo”… É claro que não, mas você realmente sabe o que está ingerindo?

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Avatar

William Candaten

Gaúcho de apartamento, graduado em Educação Física e estudante de Nutrição, aficionado por ciências humanas e biológicas. Curioso e preguiçoso, pesquisa tudo que ouve e não sabe, exceto se for cair na prova.