Depois de atropelar um cachorro e seguir dirigindo por mais de 300 km, ele decide parar e ver o que havia acontecido

Loudi Zhang estava dirigindo acompanhado de um amigo, quando sentiu que havia batido em algo. Aparentemente estava tudo bem para ele, então decidiu não parar, e seguiu pela estrada por mais de 300 quilômetros. Porém, prestando atenção no barulho do carro, ouviu um ganido que chamou sua atenção. Ele desceu do carro e viu que um cachorro estava preso no para-choque. Depois de levá-lo ao veterinário mais próximo e descobrir que o animal havia sofrido apenas ferimentos leves, o chinês decidiu adotar o cachorrinho.

Histórias surpreendentes como essas nos deixam uma linda lição, pois mostra que nem sempre algo que poderia estar perdido, realmente está. Quem pensaria que o animal estaria vivo depois de passar por tudo isso?

Porém, não podemos deixar de lembrar que a melhor atitude quando batemos em algo na estrada é parar, mesmo que não saibamos o que é, pois se batemos em um animal, como foi o caso, é possível ajudá-lo e salvar a sua vida. Além disso, mesmo que já seja tarde demais, devemos retirá-lo da estrada, não só em respeito ao animal, mas também porque dessa forma o motorista que percorrer aquela estrada depois de você não correrá riscos.

Trata-se de respeitar o mundo e as pessoas com quem você compartilha esse planeta. Pense em quantos problemas vamos evitar se pensarmos um pouco no outro… Pois é.

Via Oh My Mag

Comments

comments

Sobre o autor

Isadora Tabordes

Cofundadora e desenvolvedora do site Vida em Equilíbrio, estudante de Filosofia na Universidade Federal de Pelotas. Apaixonada por diversas áreas do conhecimento, com uma grande limitação para exatas.