O que fazer quando o bloqueio emocional me impede de avançar?

Todos já sofremos um bloqueio emocional em algum momento. Essa sensação que sentimos de que temos uma barreira que nos impede de enfrentar novos desafios. A insegurança é uma das manifestações mais evidentes de que estamos diante de um bloqueio que está nos retardando no cumprimento dos nossos objetivos.

Este tipo de bloqueio nem sempre afeta todos os âmbitos das nossas próprias vidas. Isto é, podemos sofrer um bloqueio com relação ao nosso trabalho, mas não no âmbito pessoal ou sentimental. Também pode acontecer exatamente o contrário: que ao tentar estabelecer um relacionamento sentimental estável nos sintamos presos.

A insegurança aparece e faz que não procuremos o trabalho que realmente irá nos fazer feliz, e talvez nos transformemos em pessoas conformistas. Se o bloqueio continua nos seus relacionamentos, a insegurança fará com que você não se mostre como realmente é. Você vestirá uma máscara que faça você se sentir seguro, uma máscara que em vez de protegê-lo, encobrirá o verdadeiro problema.

Por que sofro de um bloqueio emocional?

Muitos dos bloqueios emocionais têm a ver com a nossa autoestima ou com experiências que nos fazem agir de uma determinada maneira. Isto é, suponha que você tenha passado por relacionamentos amorosos tempestivos. Isto desencadeou uma série de atitudes com relação às pessoas que você gosta:  agora você desconfia, se sente pouco seguro e sente medo de sofrer novamente.

O medo e a falta de segurança em nós mesmos, nas nossas próprias capacidades, pode desencadear um bloqueio emocional do qual não sabemos sair. Desta forma, começaremos a sentir vergonha para falar em público, um grande medo da rejeição, o pessimismo tomará conta de nós, vivenciaremos a inveja e os ciúmes, julgaremos os outros, etc.

homem-bloqueio-emocional

 O bloqueio emocional fará as nossas piores emoções e sentimentos aflorarem, e eles irão nos bloquear ainda mais, nos impedindo de avançar. Talvez todos eles sejam influenciados pelo nosso próprio entorno, que pode agir como um agente de concentração e como catalisador ao mesmo tempo. O que queremos dizer com isto?
Sou uma pessoa dotada de sentimentos e de emoções, esses que podem fazer com que eu trave e não saia da minha zona de conforto.

Suponha que você se sente muito inseguro no seu trabalho. O seu bloqueio emocional o impede de alcançar seus objetivos, mas alguma coisa no seu entorno está favorecendo isto. Possivelmente a concorrência entre os funcionários pode ser uma destas causas. O fato de você ser avaliado constantemente ou de terem chamado a sua atenção recentemente também podem ser causas que acentuam esse bloqueio.

Coloque-se em movimento para se desbloquear

Talvez nesse exato momento você esteja pensando que é muito difícil, para não dizer impossível, sair do bloqueio emocional. Mas você está totalmente enganado. Você só precisa se colocar em movimento, em ação. Todos os pensamentos inseguros que o rodeiam fazem com que você fique parado. Você pode vencê-los, começando a caminhar para a frente.

Pense em todas as perguntas que rondam a sua mente no seu dia a dia. “Para que vou lá se com certeza não irão me contratar?”, “Sou um fracasso, nunca vou conseguir o que quero tanto”, “Acho que ele não vai gostar de mim”, “Se eu me revelar do jeito que sou, ela vai achar que sou bobo”, “Não vou conseguir fazer direito e todos vão rir de mim”, “Os outros são muito melhores do que eu”…

Não é verdade que alguma vez algum destes pensamentos já passou pela sua mente? A única opção que você tem é agir como quando você tem medo de receber um “não” como resposta. Aceitar a negativa, mas “tentar” conseguir um “sim”. O que você tem a perder?

Faça o contrário à inércia que as suas emoções criaram. Você tem medo de fazer papel de ridículo nessa exposição? Se você não tentar, nunca poderá saber se estava certo. Às vezes é muito bom se convencer de que você é o que gostaria de ser. Por exemplo, “gosto de falar em público” ou “não tenho medo do ridículo”.

Um bloqueio emocional pode nos ajudar a pensar melhor nas coisas, a tirar um tempo para nós mesmos. Mas, se durar demais, será preciso encontrar uma solução.

O que acontece se o bloqueio emocional está nos seus relacionamentos? 

Considere que se você sofreu uma rejeição, talvez seja porque essa não é a pessoa correta para você, mas se aventurar a expressar o que você sente foi uma prática incrível para eliminar os seus medos… Sempre procure ver o lado positivo de tudo que lhe acontece. Acredite, ele sempre existe.

fio-condutor-coracao

Ter um bloqueio emocional é normal e isso serve para nos colocarmos à prova e superarmos o que as nossas emoções limitantes nos dizem. Se as ouvirmos melhor, saberemos que o que na verdade estão dizendo é para superarmos as nossas inseguranças e nossos próprios medos.

Que as usemos como estímulo. Às vezes, não é apenas bom nos sentirmos bem e confortáveis. Às vezes é preciso sair do nosso conforto e se arriscar, mesmo que tenhamos medo e que arrepios percorram o corpo.

Por: Raquel Etérea

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Vida em Equilíbrio

Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.