Relacionamentos amorosos são difíceis. Começa com o entusiasmo, passa pela conquista, pelo êxtase de encontrar aquela pessoa, pelos primeiros encontros perfeitos, pelas primeiras brigas, primeiras reconciliações. Depois, se a coisa fica séria, chegam as dificuldades de lidar com as manias alheias, com a rotina do outro, com o ciúme, com a intimidade intensa, com a convivência.

Não é à toa que muitos relacionamentos chegam ao fim, ao contrário do que se possa ter pensado nos primeiros meses de namoro. Começar uma relação amorosa é mais fácil do que mantê-la, e se você já percebeu isso em seus relacionamentos ou nos das pessoas da sua convivência, já deve ter se perguntado quais são os fatores que complicam o andar da carruagem para os casais apaixonados. O colunista Eric Barker, da Time, reuniu quatro deles. Confira:

1 – Críticas em excesso

Fonte: Giphy

Fazer observações e reclamações está mais do que liberado em um relacionamento amoroso, que fique claro. O problema é quando essas críticas são feitas em direção à pessoa e não ao comportamento dela – são coisas diferentes. Fazer críticas por meio de xingamentos e ofensas é sempre uma péssima ideia.

2 – Menosprezo

Fonte: Giphy

Ser menosprezado pela pessoa com quem você namora ou está casado não é nada bacana. Aquela coisa de revirar olhos, xingar, tirar sarro e viver de ironias não é nada legal. O menosprezo é realmente venenoso e pode acabar com qualquer relacionamento, afinal é difícil resolver um problema quando seu parceiro ou sua parceira demonstra desprezar você, não é verdade?

3 – Colocar a culpa no outro

Fonte: Giphy

Quando a discussão se fundamenta em um colocando a culpa no outro, é porque as coisas não estão bem. Culpar uma pessoa por alguma coisa e deixar isso claro a ela é uma forma bastante eficiente de quebrar os laços de qualquer relacionamento.

4 – Desistir de falar

Fonte: Giphy

Colocar uma barreira entre você e a outra pessoa, evitando falar sobre os problemas, fugindo de tudo, batendo portas e ficando em silêncio não só não é uma forma de resolver o conflito como, na verdade, é um meio de acabar com o relacionamento. Perder a vontade ou a habilidade de falar com uma pessoa obviamente faz com que você perca também a vontade de ficar ao lado dela.

Fonte: Time/Eric Barker