7 verdades que ninguém conta sobre morar junto com alguém

De acordo com uma pesquisa publicada na Globo News, no portal G1, “casais heterossexuais que dividiam as tarefas domésticas faziam menos sexo. Porém, essa pesquisa, que foi muito comentada na época, foi feita com casais de meia idade que já estavam juntos há mais de 20 anos.

Agora, um novo estudo investigou a vida sexual da nova geração. A pesquisa entrevistou pessoas que se casaram nos últimos 20 anos. E o resultado foi justamente o oposto. Entre casais mais jovens, a divisão de tarefas domésticas corresponde a mais prazer sexual e, consequentemente, mais sexo, em comparação aos casais jovens que não dividem as tarefas.

Há, no entanto, uma exceção para os poucos casais nos quais o homem faz todas as tarefas domésticas. Segundo essa pesquisa, nesses casos, que representam 5% dos casais, os parceiros têm menos relações sexuais.

Morar com uma pessoa implica em vários tipos de coisas secretas e relações que ninguém conta. Pensando nisso, a seguir apresentamos uma listinha com algumas verdades que ninguém conta sobre morar junto com uma pessoa

 1 – As suas despesas pessoais praticamente se tornam coletivas

Você não tem despesa só com as comidas e utilitários do lar para você. Sua grana também acaba sendo voltada para as despesas coletivas porque sempre tem alguém que desfalcou o dinheiro no fim de mês e você precisa cobrir alguns itens das compras no supermercado.

2 – Você vai ter que lidar com manias que jamais viu por aí

Juntar os móveis e as roupas do armário para morar com uma pessoa é sinal de que você terá que passar por situações que nem imagina, como lidar com as manias das pessoas. A convivência vai mostrar que algumas pessoas possuem manias que podem parecer normais para você, mas que podem incomodar muito seus colegas de casa.

3 – Você não vai ter tanta privacidade como acha que vai

A privacidade não será em nível 100% para você, quando se divide moradia com uma pessoa. Muitas vezes você pensa que pode andar de roupa íntima pela casa, por exemplo, mas isso pode incomodar bastante seu colega de casa. Sem contar que em casos de pessoas que namoram, levar o mozão para casa com seus colegas de moradia lá com certeza vai gerar um climão e mostrar que a tal privacidade não é tão certeira para todo mundo, como se imagina, assim.

4 – Você vai conhecer um lado burocrático e diferente da boa impressão que tem de uma pessoa

Morar com alguém em uma casa, apartamento ou kitnete é sinal de que você vai conhecer um lado totalmente da aparência feliz, gente boa e irreverente daquela pessoa que você conhece. Isso porque é nesse momento de convívio que você descobre as manias da pessoa, os defeitos e como ela é de verdade em casa, como convive e realmente trata alguém. Você pode se assustar como também pode se frustrar.

5 – Uma amizade pode acabar por conta do desgaste da convivência e rotina

A rotina pode acabar interferindo(positivamente ou negativamente) na sua amizade/relação de convivência com a pessoa que divide moradia. Procure regrar e se policiar quanto a sua convivência com a outra pessoa. Evite desgastes e problemas.

6 – Você aprende que nem todo mundo é o que parece

Você aposta suas fichas que aquele seu amigo é organizado, responsável com contas, suja e limpa tudo o que bagunça, quando na verdade a história é outra. Acontece de você quebrar a cara com algumas pessoas depois de ambas morarem juntas. É uma experiência que vai te ajudar bastante a saber conviver com os outros.

7 – A importância de estar junto sem precisar interagir

Você aprende que morar junto é estar com a pessoa sem necessariamente precisar interagir com ela o tempo todo, como quando vocês estão em uma conversa de bar, por exemplo. É necessário entender que vão existir momentos em que vocês vão conviver no mesmo cômodo sem precisar interagir e que cada um precisa aprender existir em silêncio. Você aprende a lição de que todo mundo precisa de espaço e silêncio para também ficar sozinho, fazer o que gosta.

Fonte: Fatos 

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Vida em Equilíbrio

Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.