Estudo aponta que o chocolate amargo pode reduzir seus níveis de estresse

É inegável que nossa paixão por chocolate é quase incontrolável, seja em uma tarde chuvosa ou em um dia ensolarado, o chocolate parece ser sempre uma boa companhia. Não é atoa que o buscamos como consolo em momentos de tristeza.

A boa notícia é que a ciência também está considerando o chocolate um bom companheiro,  pesquisadores de um encontro anual de biologia em San Diego, nos Estados Unidos, apresentaram dois estudos sobre o impacto do chocolate amargo sobre a nossa saúde.

Esta é a primeira vez que nós olhamos o impacto de grandes quantidades de cacau em doses tão pequenas quanto uma barra de chocolate”, afirma Lee S. Berk, pesquisador em psiconeuroimunologia e ciência dos alimentos e principal autor dos dois estudos. “Por anos, nós temos olhado para a influência do chocolate amargo em funções neurológicas do ponto de vista do conteúdo de açúcar.

A partir disso, os cientistas decidiram prestar mais atenção na atuação do cacau sobre o nosso corpo. Foi assim que eles notaram, em um dos estudos, que o consumo do alimento pode regular sinais intracelulares de diversas funções, como a percepção sensorial e a ativação de linfócitos T, células que defendem nosso corpo de microorganismos estranhos.

Além disso, outro estudo revelou que o cacau é capaz de acentuar a neuroplasticidade do sistema nervoso, o que melhora nossa saúde comportamental e cerebral.

Ambas as pesquisas sugerem que o consumo de chocolate composto por, no mínimo, 70% de cacau possa trazer benefícios à nossa memória, imunidade e humor, além de reduzir os níveis de estresse e inflamação.

Isso ocorre, em parte, porque os flavonoides — substâncias resultantes do metabolismo de plantas e frutas — presentes no cacau são agentes antioxidantes e anti-inflamatórios extremamente potentes, com benefícios que para saúde do sistema cardiovascular e do cérebro.

Pesquisas com amostras maiores ainda devem ser realizadas para determinar quais são os mecanismos envolvidos nessa relação entre as grandes quantidades de cacau e as vantagens para a nossa saúde. Até lá, vamos comendo de pouco em pouco aquela deliciosa barra de chocolate amargo.

No caso de você não ser adepto do amargo totalmente, opte pelo meio amargo para dar os primeiros passos.

[Revista Galileu]

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Vida em Equilíbrio

Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.