Se eu te amo e você me ama, por que não daria certo?

Costumávamos falar isso um para o outro todas as vezes que algo complicado batia de frente com o nosso namoro. Era um modo nosso de fugir da realidade e ir para aquele mundo imaginário, o nosso mundo, onde o amor basta, e não existiam nada nem ninguém além de nós.

Como se essa frase fosse uma chave de acesso para esse nosso mundo, sempre que um de nós dizia essa frase, era impossível continuar com qualquer discussão que havia no momento. Curiosamente, no dia em que terminamos essa frase não fora usada, talvez se fosse as coisas teriam sido diferentes, talvez eu parasse de falar e começasse a te beijar novamente. Ou não, talvez se ela tivesse sido usada perderia todo o significado q tivera para nós, pois talvez eu não
parasse de falar, e pela primeira vez, ela não teria seu efeito.

Enfim, hoje eu escrevo porque eu sei a resposta para essa pergunta, eu sei o porquê não daria
certo querida, eu sei o porquê não deu certo. E a verdade que não deu certo porque não deveria ter dado, desde o início, quando você se apresentou a menina tímida e eu o menino extrovertido, mas fazer o que, ingerimos esse
romantismo barato da dama e o vagabundo, onde os opostos se atraem, e conosco não foi diferente.

Lutamos, tentamos fazer dar certo, mudamos fotos de perfil, mudamos crenças, mudamos meio de falar e agir. Mudamos tanto que deixamos de ser as pessoas pelas quais nos apaixonamos.

Mudamos tanto que nos perdemos, você já não é a menina tímida e tudo bem, é parte da vida, mudar, eu que não quis aprender a amar essa nova pessoa, talvez não tivesse mais forças para isso, ou vontade, ou talvez só não gostasse dessa nova Livia…

Acabou porque tinha que acabar, porque as coisas mudam, as pessoas mudam felizes são os casais que se apaixonam todos os dias, que sentem prazer em conhecer um ao outro a cada novo amanhecer.

Tivemos esse prazer por algum tempo, mas o perdemos, talvez pelos inúmeros erros de ambos os lados, talvez por falta de respeito, ou talvez porque simplesmente não cabia mais esse novo nós na vida particular de cada um, na personalidade de cada um. Obrigado por todo tempo junto, foi algo maravilhoso e agradeço muito a Deus por ter tido a chance de ter vivido tudo isso, a frase; “se eu te amo e você me ama por que não daria certo?” Deixou de fazer sentido agora que tem uma resposta.

“Lívia e Gilberto” deixou de fazer sentido agora que teve um fim, e tudo bem isso, novos amores virão, novas descobertas, novas frases.

Mas é hora de virar a página, virar a página dessa frase, é hora de virar a página desse nós. Tudo bem isso, pois um livro não contem só uma página ou só um capítulo, existem muitas outras paginas para serem e lidas.

Autor: Gustavo Muntanelli, estudante de Direito

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Vida em Equilíbrio

Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.