Esse pensamento pode fazer de você uma pessoa mais inteligente. Entenda como

Muitas pessoas são fascinadas por ferramentas tais como a de brainstorming, ferramentas de pensamento estrutural, ferramentas de pensamento dinâmico e ferramentas baseadas em computador. Elas acreditam que essas medidas de pensamento dos sistemas podem torná-las mais inteligentes e produtivas.

No entanto, o pensamento que nos referimos aqui é o pensamento sistêmico, e mesmo que existam várias perspectivas sobre a definição do termo. Nesse caso, vai além de uma coleção de ferramentas e técnicas. O pensamento sistêmico é mais estratégico e sensível ao ambiente em que nos encontramos.

Então, o que é o pensamento sistêmico e por que é importante conhece-lo?

O primeiro passo rumo à compreensão dessa técnica diz respeito a sua capacidade de observar, de conseguir, no momento presente, captar a situação e, isto é, compreender as conexões causais das situações, identificar todas as relações das coisas e como sua ação nesse instante, pode afetar sua ação posterior.

Se você  analisar as situações do seu cotidiano, seu próprio corpo, seu trabalho, sua casa, perceberá que todas essas coisas são sistemas, engrenagens que funcionam em conjunto.

Pensar a partir da concepção do pensamento sistêmico pode ajudar você a tomar decisões com mais precisão, porque você já não estará apenas considerando a parte, mas o todo.

Suponhamos que você discutiu no trabalho, foi para o trânsito estressado, apressado, buzinou para outras pessoas que também carregavam suas energias do dia cansativo, chegou em casa estressado e sem controle e acabou criando conflitos desnecessários com sua família…

Só nesse exemplo, você já alterou três sistemas distintos de sua vida, o que poderia ter sido evitado.

Como usar o pensamento sistêmico?

Aqui estão três maneiras de usar o pensamento sistêmico:

1. Entenda como o sistema funciona e use pontos de feedback

A primeira tarefa é saber sobre o que é o sistema e identificar os pontos de alavancagem ou feedbacks que influenciam seu funcionamento. Isto é o que ajudará a ajustar o sistema.

Se você deseja que o sistema seja produtivo, aprimore os pontos de feedback. Se você quer que seja menos produtivo, esgote os mesmos pontos.

Um bom exemplo é o de uma banheira. Os pontos de alavancagem são a torneira e o ralo. Se você esquecer de fechar o ralo, depois de ligar a água, a água nunca para de fluir e a banheira nunca transborda.

Se você quiser mais água, feche o ralo enquanto gira a água. Caso contrário, feche a torneira e abra o ralo. Você pode aplicar isso ao seu desenvolvimento pessoal.

Depois de descobrir os pontos de feedback em sua vida, encontre seus pontos de alavancagem ou feedback e aprimore esses pontos. Se você quer estar em forma, procure um treinador, encontre um mentor ou coma alimentos saudáveis.

2. Descubra os padrões, estrutura e eventos

Tendências e padrões podem ser comparados a pistas de palavras cruzadas. À medida que você deseja aprimorar o sistema, tendências e padrões oferecem dicas e motivos para mudar seu paradigma. Geralmente, eles podem direcioná-lo para aspectos incomuns e inesperados, para ideias, pessoas ou lugares em que você nunca pensou.

Pessoas inteligentes cuidam de tendências e padrões, para que possam conhecer as mudanças.

Você pode ver o mundo de três perspectivas diferentes:

Eu. A perspectiva do evento

Se você considera o mundo da perspectiva de um evento, o melhor que você pode fazer é ser mais inteligente e ‘reagir’. 

Então, como você vê o mundo da perspectiva de um evento? Você faz uma pergunta como ‘O que aconteceu?’.

Existe a possibilidade de se tornar mais consciente e enxergar mais nesse nível. Uma excelente técnica para conseguir isso é contar uma história a um grupo . Se você pode ver além de cada evento, além de padrões e tendências, terá a capacidade de antecipar, prever e planejar.

ii. Perspectiva do padrão

Para ver o mundo de uma perspectiva padrão, você precisa perguntar: ‘O que está acontecendo?’

Muitas vezes é difícil ver o tamanho real de um iceberg (estruturas subjacentes que são as causas dos eventos). A linha d’água disseca o que é visível do que não é visível.

Um pensador de sistemas não assume apenas o que é visível; ele ou ela procura saber o que está acontecendo.

iii. A perspectiva da estrutura

Para ver o mundo da perspectiva da estrutura, você precisa perguntar: ‘o que está causando problemas?’ As respostas serão os fatores e forças responsáveis.

Se você se encontra em um engarrafamento, não culpa o próximo motorista; você poderia perguntar: ‘o que está causando o engarrafamento?’

As respostas usuais podem ser uma superfície deteriorada da estrada, motorista descuidado ou alta velocidade, mas isso seria o mesmo que as tendências identificadas. O que torna a perspectiva da estrutura diferente das outras.

A estrutura é o que impulsiona sua energia. É o que afeta os acontecimentos. Os pensadores de sistemas fazem deduções baseadas em estruturas internas para chegar a uma conclusão.

Pratique o pensamento crítico em vez de fazer suposições antes de tomar uma decisão. Quanto mais você pensa em sistemas, mais se torna mais inteligente e produtivo em todos os aspectos de sua vida.

 

Traduzido de LifeHack

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Vida em Equilíbrio

Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.