Médicos chineses que contraíram Covid-19 acordaram com outra cor de pele

A mídia chinesa divulgou o caso de dois médicos que foram infectados pelo novo coronavírus e tiveram alteração na pigmentação da pele. Ambos com 42 anos de idade foram infectados em janeiro deste ano, enquanto atendiam pacientes em Wuhan. Yi Fan e Hu Weifeng eram colegas de Li Wenliang, primeiro médico a alertar sobre o risco do novo vírus e vítima fatal da Covid-19.

Os dois médicos precisaram de equipamentos de suporte à vida e ao recuperar a consciência nesse mês, descobriram a drástica mudança em suas aparências.

Essa diferença foi atribuída a desequilíbrio hormonal causado porque os fígados foram afeados de acordo com mídia estatal chinesa. Mas um médico fala que a alteração na pigmentação da pele pode estar relacionada com medicamento usado no início do tratamento, que tem como um dos efeitos colaterais mudança na cor da pele.

O cardiologista Yi, falou aos repórteres que estava se recuperando bem, mas ainda não conseguia se levantar ou andar sozinho. Ele ainda falou do trauma psicológico provocado pela doença e frequentes pesadelos.

O urologista Hu ainda não conseguia falar quando o vídeo foi gravado, mas apertou a mão do médico e fez sinal positivo para a câmera. Quem monitora sua recuperação é o médico Li Shusheng. Ele falou à Beijing Satellite TV que a alteração na cor de pele dos pacientes deve ser temporária e voltar ao normal com a melhora da função do fígado. [Oddity CentralNew York Post]

 

Via Hypescience 

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Vida em Equilíbrio

Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.